O seu lixo não some

O Brasil tem a capacidade de reciclar até 30% do lixo produzido no país, porém o reaproveitamento desses insumos não chega nem a 3%. Muitas vezes, pensamos que por estarmos passando mais tempo em casa, não podemos ajudar de nenhuma forma o meio ambiente, mas na verdade, com pequenas atitudes no dia a dia, é possível fazer grandes mudanças positivas na natureza. Se você ainda não sabe como começar a ajudar, nós da Dobro, juntos com o engenheiro ambiental, João Vicente, vamos dar algumas dicas de como todos podem fazer a diferença. 

Primeiramente, é importante saber que a reciclagem não é apenas benéfica para o meio ambiente, como também para a sociedade. Quando fazemos a reutilização dos produtos descartados, veja:

  • Evitamos a geração de mais lixo desnecessário
  • Diminuímos o consumo de recursos naturais,
  • Auxiliamos na educação da importância dos cuidados com o meio ambiente
  • Criamos possibilidades de emprego para milhares de pessoas. 

Desta forma, se torna essencial ensinar nas escolas a importância do descarte correto do lixo, para que a criança cresça com hábitos sustentáveis que influenciará na vida de todos na sociedade. Já que o acúmulo desnecessário de lixo, pode trazer problemas como doenças e malefícios para as pessoas e para a natureza, como a degradação e consequentemente esgotamento de recursos naturais não renováveis, que são necessários para o nosso dia a dia. Porém, não adianta apenas colocar o produto para reciclar, deve-se realizar o descarte correto para que o processo seja eficiente e ocorra com segurança.

Se você ainda não separa o lixo da sua casa, agora chegou a hora de dividi-lo em 4 tipos:

1 – RECICLÁVEL – Neste lixo você irá jogar apenas plástico, papelão, isopor, vidro, papel e etc. Mas ATENÇÃO: Esses insumos devem estar limpos.

2 – ORGÂNICO – É onde você vai jogar aquela comida que sobrou e ninguém mais vai comer, ou seja, são restos de alimentos. Pode ser tanto aqueles de pré preparo quanto os de pós consumo. 

3 – REJEITO – Será o lixo em que os produtos que não tem como ser reaproveitados vão, como bituca de cigarro, papel higiênico e etc. Eles serão destinados para o aterro sanitário, que é a destinação correta ambientalmente. 

4 – PERIGOSO – São eles:, pilhas, latas de tinta, lâmpadas, baterias entre outros. Esses não podem ser misturados de jeito algum. 

Caso você não tenha os 4 lixos em casa, recomendamos que tente pelo menos separar os recicláveis e os perigosos. Em nosso Instagram, no IGTV, é possível assistir o vídeo de Sustentabilidade em Dobro, com o João, para que possa entender melhor. 

O descarte correto é essencial para o meio ambiente, e apesar de ser difícil, não é impossível mudar a realidade do Brasil, então é preciso que cada um cumpra sua responsabilidade com o meio ambiente, pois apenas se conscientizando e mudando nossos costumes, que podemos também mudar o nosso redor.

FONTE: brkambiental.com

              agênciabrasil.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s